fatos sobre os chatbots no mundo

Números não mentem! 6 fatos impressionantes sobre os chatbots no mundo

Você provavelmente já ouviu falar sobre como os chatbots vêm crescendo e já têm espaço em diversas companhias. Se mesmo assim você ainda não tem tanta certeza sobre a utilização dessa tecnologia, talvez seja a hora de conhecer alguns fatos sobre os chatbots.

Esses softwares avançados de conversação não têm a pretensão de substituir os humanos ou de serem confundidos com eles, mas podem sim ajudar em muitas tarefas. Pela sua praticidade e capacidade de otimizar os sistemas de atendimento e acesso a informação, eles são cada vez mais populares.

Quer saber mais sobre esse mercado? Confira agora estes 6 fatos sobre os chatbots que separamos para você!

1. Os chatbots já são uma realidade

Não pense que eles são apenas uma tendência para o futuro, pois os chatbots estão presentes aqui e agora. Já são mais de 30 mil no Facebook em mais de 200 países, que podem ser usados, inclusive, para pagamento. Em uma pesquisa do portal Business Insider, 67% dos participantes afirmaram ter usado um chatbot de suporte ao cliente em 2016. Ou seja, não dá para negar que eles já chegaram com tudo.

2. Os chineses adoram chatbots

Os chineses têm paixão por chatbots e são fascinados por um em especial: Xiaoice. Criado pela Microsoft, esse bot já conta com mais de 40 milhões de usuários e tem a personalidade de uma adolescente. Em média, os chineses têm 23 conversações por sessão com ela — para você ter uma ideia, a média de outros chatbots fica entre 1,5 e 2,5 conversações por sessão.

3. Os clientes querem entrar em contato via chat

De acordo com o portal eMarketer, comunicação via chat ou aplicativos de mensagens já é o meio de atendimento preferido de 29% dos consumidores. Com 1,4 bilhão de pessoas usando aplicativos de mensagens em todo o mundo, essa estatística ainda deve subir.

Em outro estudo, esse número é ainda maior: 49% de todos entrevistados preferem conduzir suas interações via chat. Entre os millennials — geração daqueles que nasceram no final do século 20 e hoje são jovens adultos —, o percentual sobe para 54%.

4. Recomendações de chatbots são bem-vindas

Uma funcionalidade muito apreciada dos chatbots é a capacidade de fazer recomendações e atuar como curadores para entretenimento, produtos, viagens, moda e outros setores. Segundo a PwC, 55% dos consumidores estão propensos a selecionar mídias escolhidas por chatbots ou inteligência artificial.

Um estudo mostrou que 37% dos consumidores americanos ficariam felizes em receber recomendações via chatbot. O percentual sobe para 48% entre os millennials. Além disso, os mesmos 37% estão prontos para realizar suas compras por meio desse canal de atendimento.

5. Funcionalidade importa mais que personalidade

Muitos desenvolvedores se preocupam bastante em desenvolver um chatbot com uma personalidade distinta dos demais. Construir uma personalidade amigável é sempre uma boa ideia, mas a funcionalidade é ainda mais importante para os clientes.

Para 48% dos participantes de uma pesquisa, a capacidade de resolver problemas é o mais importante em um chatbot. E tem mais: em outra análise, 40% as pessoas responderam que não importa se estão falando com um bot ou com um ser humano, desde que suas necessidades sejam ouvidas e atendidas.

6. O futuro é promissor

Se o presente já está sendo bom para os chatbots, o futuro promete ser ainda melhor. Veja alguns dados que comprovam que os chatbots vieram para ficar!

  • os chatbots vão gerar uma redução de custos anual de 8 bilhões de dólares até 2022 e de até 20 milhões de dólares já em 2017;
  • quando perguntados sobre quais novas tecnologias desejam usar, 80% de um grupo de executivos afirmou que tem ou pretende ter chatbots até 2020;
  • até 2020, 85% das interações com o cliente poderão ser gerenciadas sem contato humano, de acordo com algumas previsões.

Portanto, não restam dúvidas que os chatbots são o presente e o futuro do relacionamento entre consumidores e marcas. Eles já estão revolucionando os protocolos de atendimento e devem continuar em alta.

Gostou de conhecer esses fatos sobre os chatbots? Então, compartilhe o texto nas suas redes sociais e conte para todo mundo sobre eles!

 

Leia mais:

Conheça 6 grandes marcas que já utilizam chatbots

Entenda por que sua empresa está pronta para os chatbots

Chatbots para negócios: 5 setores beneficiados pela tecnologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação