Distance education concept. Flat design stylish. Isolated on color background

Aprendendo um pouco mais sobre as tendências da comunicação digital

O mundo está em constante evolução, mas apenas algumas poucas tecnologias podem nomear épocas e se tornar marcos da humanidade. Uma delas é a comunicação digital, que mudou significativamente a forma como as pessoas interagem umas com as outras.

Se na era dos rádios e da televisão, as propagandas interrompiam o público e precisavam trazer o cliente à loja para que ele pudesse escolher e comprar produtos, a era digital permitiu que pudessem escolher como e onde receberiam informações para suas compras e, principalmente, fazê-las de qualquer lugar por seus smartphones ou qualquer dispositivo móvel.

Se sua empresa acompanha estas evoluções e quer manter-se atualizada sobre as tendências da comunicação digital, acompanhe este post.

Canais inovadores de comunicação digital

Alguns especialistas já chamam a nova era de Pós-Aplicativos ou Pós-App. Isto porque, apesar de atenderem a necessidade dos clientes de usar a internet como meio de comunicação, os aplicativos ocupam espaço na memória dos smartphones. Além disso, cada app tem sua lógica de navegação própria, e o consumidor precisa aprendê-la cada vez que faz um download.

O chatbot, robô desenvolvido para trocar mensagens com as pessoas e até realizar vendas, tem como principal vantagem promover uma conversa personalizada para o cliente em tempo real.  Além disso, por estarem presentes dentro de apps de mensagens, como Facebook Messeger, Skype e Telegram, eles não ocupa a memória dos celulares. Ele utiliza uma lógica que todos conhecem – a de mandar e receber mensagens – e aproveita um comportamento que já é muito comum no dia a dia das pessoas.

Com o chatbot, o histórico do cliente e de suas interações fica integrado com os demais canais de atendimento da empresa, o que torna não só sua comunicação mais efetiva, mas também sua experiência com o cliente mais completa.

Conteúdo de relevância para o cliente

Com o poder do cliente em escolher o conteúdo e a fonte de informação que lhe convém, o marketing de conteúdo mantém-se como uma tendência da comunicação digital, à medida em que deve se aprimorar constantemente para produzir conteúdos de relevância para o cliente, que tenham boa visibilidade nos mecanismos de busca e convertam mais vendas.

Hyper segmentação

A Hyper segmentação utiliza dados de preferência e segmentação dos clientes quando eles acessam sites e redes sociais.

Apesar de ser possível inibir o repasse destes dados, nem todos os clientes bloqueiam e informações como a busca por livros específicos, filmes em cartaz no cinema e programação de férias em determinada cidade são transformadas em dados estratégicos para o marketing das empresas.

Realidade aumentada dos wearables

A tecnologia que pode ser vestida, como os relógios e óculos, deixaram de ser itens de filme de espionagem e viraram objeto de desejo do público mais sedento por inovações.

Mas, por seus diversos benefícios, os wearables tendem a ganhar o mercado, e os formatos de comunicação específicos para esses dispositivos já estão se adaptando.

Product Placement nas redes sociais

O product placement é muito utilizado em novelas e filmes com a aparição ou menção das marcas durante os programas ao invés dos intervalos. Jogos de videogames como o Mario Kart 8 da Nintendo, que promove a marca da Mercedes, por exemplo, também já estão consolidados no product placement.

As redes sociais e seus influenciadores estão embarcando nessa tendência e podem ter resultados ainda mais expressivos, na medida em que seus públicos são mais segmentados e se identificam mais facilmente com seus posicionamentos.

Valorização do profissional Social Media

Nesta constante evolução, a comunicação digital trouxe novas oportunidades e desafios para as empresas. Se por um lado as redes sociais e os canais digitais podem reduzir os custos de marketing de uma empresa, seu caráter de serviço ininterrupto, acessível e dinâmico fez surgir outras necessidades, como a do acompanhamento das redes sociais por um profissional: o analista de mídias sociais, ou Social Media.

Apesar de não ser propriamente uma tendência, ele será cada vez mais requisitado para interagir nos diversos canais digitais de uma empresa, seja ensinando e gerando conteúdo para os chatbots  no Facebook Messenger e Twitter ou interagindo com clientes que façam comentários negativos em fóruns sobre o produto. Ao Social Media, serão atribuídas metas de engajamento, relevância e reputação digital, por exemplo.

Todos estes aspectos serão cada vez mais importantes para a comunicação digital e terão variados efeitos na forma de atender os clientes de uma empresa.

Se quiser saber um pouco mais a este respeito, leia agora o post sobre como a transformação digital afeta o atendimento ao cliente e saiba como preparar sua empresa!

 

Leia mais:

Como gerar engajamento de clientes por meio da comunicação digital?

5 estratégias de comunicação criativas para usar com os clientes

5 coisas que você precisa saber sobre chatbots

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação