chatbot para whatsapp capa post

Chatbot para WhatsApp é uma realidade?

O chatbot para WhatsApp é uma tendência que, cada vez mais, dá indícios de concretização. As possibilidades geradas por essa ferramenta são promissoras e podem alterar por completo o relacionamento com os clientes, facilitando o atendimento e oferecendo novos caminhos para o pós-venda e outras áreas.

Se você se interessa pelo assunto e deseja entender melhor como ele pode funcionar, suas implementações e especificidades técnicas, continue lendo este post!

O chatbot para WhatsApp já é uma realidade?

Ele ainda não existe, mas já está bem próximo. Afinal, o movimento em torno do WhatsApp for Business é um sério indício dessa impactante transformação. 

Anunciado em setembro de 2017 pelo próprio blog do app, sua ideia é conectar empresas aos seus respectivos clientes, facilitando a interação entre ambos em diferentes momentos de uma negociação.

Para isso, os chatbots serão utilizados de forma semelhante ao que já acontece no Facebook e em outras plataformas. Para ter ideia, um levantamento realizado pelo portal Business Insider mostra que 67% das organizações que participaram da pesquisa já usavam o recurso no suporte ao cliente. 

Por que devemos acreditar que ele se aproxima?

Além da implementação inovadora do WhatsApp para negócios, há a crescente utilização dos programas de mensagens em geral como uma maneira de melhorar o relacionamento com o consumidor. Ambos os fatores fortalecem essa perspectiva, afinal, segundo o site Transformação Digital, o app tem mais de 1 bilhão de usuários diários e esse número só tende a crescer. 

Outro ponto que merece destaque é a existência de uma funcionalidade denominada “verificação de conta”. Assim como ocorre nas outras redes sociais, contatos reais de contas empresariais serão devidamente sinalizados. Isso demostra a confiabilidade na troca de mensagens com determinado perfil, garantindo a efetividade e a segurança na transmissão das informações. 

Há, ainda, o WhatsApp Ads, que está em fase de testes.  Ele nada mais é do que a chance de criar anúncios com chamadas para conversas entre leads e corporações. Trata-se, portanto, do primeiro passo para a monetização dentro do aplicativo e, por consequência, da ligação entre quem quer comprar e quem deseja vender através dessa ferramenta.

E como as marcas se beneficiarão disso?

Branding

Primeiramente, pelo branding. Afinal, programar um bot é algo que vai muito além da personalização de um fluxo de respostas. É preciso considerar que ele tenha uma personalidade e seja totalmente compatível com o público da instituição. 

Aliás, alinhá-lo aos valores do empreendimento é viável, tendo em vista que isso deixa o atendimento mais caloroso e diminui a relutância que algumas pessoas têm ao serem atendidas por um programa. 

Pensando no objetivo do chatbot, ele está apto a lidar com as mais variadas demandas, como:

  • solucionar uma dúvida;
  • resolver problemas diversos;
  • intermediar o processo de vendas;
  • engajar prováveis consumidores. 

Desse modo, o fortalecimento de marca pode ser apontado como uma vantagem notável, principalmente porque a diversidade dos canais de comunicação disponibilizados mostra proatividade e preocupação em atender bem. 

Funcionalidades

Reflita: por que o WhatsApp fez tanto sucesso e conquistou um lugar absoluto no território da troca de mensagens, compartilhamento de arquivos e até mesmo de chamadas de voz e vídeo? 

Pode parecer complexo, mas a resposta para isso está na forma como suas funções são oferecidas. Com uma interface limpa, intuitiva e sem grandes distrações, ele soube fornecer uma experiência gratificante ao usuário que deseja conversar com seus amigos, compartilhar memes em um grupo ou avisar alguém sobre um atraso. Tudo isso porque ele é simples e vai direto ao ponto. 

Nesse sentido, soluções comerciais também podem ser oferecidas com a mesma dinâmica. O consumidor que quer pedir comida ou que precisa saber de alguma informação relativa à sua conta bancária poderá fazê-lo de maneira mais objetiva e descomplicada. 

A longo prazo, as funções dos chatbots simbolizarão a centralização do atendimento, da performance em redes sociais e da qualificação da base de dados. Com isso, a organização poderá controlar melhor as solicitações rotineiras e traçar planejamentos a fim de melhorar seu desempenho. 

Redução de custos

Esse tipo de software tende a gerar mais economia para o negócio, já que pode reduzir gastos nos seguintes pontos:

  • custo por atendimento;
  • infraestrutura;
  • otimização das cobranças;
  • retrabalho;
  • investimentos em aplicativos.

Como os usuários serão impactados?

A interação entre pessoas e marcas vem passando por alterações extremamente significativas nas duas últimas décadas. Essa constatação se aplica ainda mais às gerações mais recentes, que não recebem bem o antigo conceito de marketing. 

Se os bots contam com uma boa aceitação e o WhatsApp também, cada qual em suas funções, é válido pensar que essa união aprimorará as potencialidades de ambos, deixando-as melhor estruturadas. 

As vantagens de um chatbot, se aplicadas às funcionalidades do popular aplicativo, tendem a se expandir e proporcionar experiências plenamente ligadas ao comportamento do consumidor atual e às mudanças pelas quais ele passou.

Mais informados e, portanto, mais exigentes, os novos clientes não se deixam levar pela “promoção do ano”, muito menos aceitam um SAC inoperante e congestionado. Eles necessitam de uma solução rápida e, mais do que isso, eficiente. Uma vez contrariados, podem utilizar as redes sociais para reclamar da marca. 

Pensando no alcance de uso do WhatsApp e na sua relação com as tecnologias e os dispositivos móveis, podemos dizer que a união com os bots representa a execução do que há de mais moderno em termos de gestão do relacionamento com o cliente.

Com um design simples e otimizado, será possível dar ao usuário exatamente o que ele precisa com um chatbot para WhatsApp. Assim, o nível de satisfação terá bases sólidas para crescer e conquistar novos admiradores da empresa. 

O chatbot para WhatsApp é uma realidade próxima e trará alterações positivas nas interações entre empreendimentos e consumidores. O ideal é se preparar para elas e descobrir as melhores formas de utilizá-las. Vale ressaltar que este post traz dados atuais de um mercado que está em constante transformação. Então, fique atento à sua data de publicação, ok? Estamos sempre trazendo novidades por aqui! 

Se você gostou deste texto, que tal compartilhá-lo nas redes sociais? Aproveite para marcar seus amigos mais antenados!

 

Leia mais:

Comportamento do consumidor: O que os chatbots têm com isso?

Social Selling: o que é e como os chatbots podem ajudar

Ascensão dos chatbots: por que eles ficaram tão famosos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação