chatbots e segurança da informação

O que você precisa saber sobre os chatbots e segurança da informação?

Cada vez mais serviços estão disponíveis para usuários por meio da Internet, seja por aplicativos ou por páginas específicas da web. Estar presente no meio virtual é um pré-requisito para ter sucesso no mercado atual.

Um dos resultados dessa tendência foi a ascensão dos chatbots, mas isso também gera uma dúvida: como eles tratam os dados de um negócio?

Acompanhe o post e entenda mais sobre chatbots e segurança da informação!

O que são os chatbots?

Os chatbots são sistemas de computação que simulam uma pessoa real. Eles respondem aos clientes de forma pré-programada, se adaptando ao contexto da conversa. Dessa forma, é possível pedir comida delivery por qualquer aplicativo de chat — sem precisar interagir com uma pessoa real, digitar um código de pedido, abrir a página do restaurante ou baixar um aplicativo específico.

A princípio, essa parece uma excelente ideia, já que reduz as dificuldades e custos de contato. Mas, sem o cuidado adequado, ela pode abrir brechas na segurança da informação – tanto para a empresa quanto para os usuários.

E é desnecessário dizer o quanto isso pode ser prejudicial em um negócio. Qualquer cliente que tenha seus dados pessoais violados pode abrir um processo contra a organização, enquanto dados perdidos vão, no mínimo, atrasar processos.

Quais são os cuidados quando o assunto é chatbots e segurança da informação?

Há várias questões que a empresa precisa estar atenta ao abrir esse novo canal sem afetar a proteção de dados do negócio ou usuário. Vale lembrar que esses programas são inteligentes e se aprimoram com cada novo contato. Veja aqui alguns cuidados a serem tomados para que o sistema não seja explorado para ações ilegais!

Segurança de dados

São comuns na Internet tentativas de obter informações sigilosas sobre determinadas pessoas. Dados bancários, documentos, senhas e outros elementos podem ser utilizados para vários fins.

Os chatbots mais eficientes são capazes de criar um relacionamento próximo com o usuário, que os empodera e os ajuda de maneira relevante. Isso faz com que a pessoa confie no bot e compartilhe as informações necessárias para que ele preste o auxílio esperado. Além disso, todo o histórico da conversa é registrado, desde o primeiro “oi” ao fornecimento do serviço.  Assim, a responsabilidade da empresa que gerencia esse canal aumenta: como manter todos esses dados seguros? É necessário ter um olho bem treinado para identificar as ameaças que possam comprometer a infraestrutura dessa rica base de dados. 

Prevenção de malwares e outras ameaças

Essa é uma situação ainda mais delicada. Se hackeado, um chatbot podem acabar compartilhando um malware (como alguns que existem no próprio Facebook). Quando o usuário está afastado, o programa envia uma mensagem para alguém conhecido, geralmente com base nas estatísticas de contatos, com algum link suspeito. Mais um motivo para a empresa investir em ferramentas mais robustas de criação e gestão de chatbots que minimizem este risco e permitam um monitoramento constante.

Criar um chatbot é relativamente simples, mas equipes amadoras podem não enxergar a extensão total desses cuidados com a segurança da informação. Compreendê-los é fundamental para criar um sistema mais eficiente e seguro. Ao buscar uma companhia que desenvolva esse tipo de tecnologia, é fundamental que ela se comprometa em estabelecer protocolos de segurança para o programa, como autoverificação e bloqueio de certas ações — divulgação de dados de clientes, por exemplo.

Agora que você sabe como os chatbots e a segurança da informação corporativa estão ligados, pode melhorar a experiência do usuário sem comprometer seus dados. Quer continuar recebendo mais informações? Então assine nossa newsletter e acompanhe nossos melhores conteúdos!

 

Leia mais:

A comunicação na era digital: o impacto da transformação digital

A computação cognitiva, através de chatbots, pode apresentar riscos à segurança da informação?

Boas práticas para a construção de chatbots relevantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação