chatbots para entretenimento

Chatbots para entretenimento: saiba por que eles estão ganhando o mercado

Programas computacionais capazes de conversar com humanos estão em alta e já dominam várias áreas de atendimento ao público. No entanto, eles podem fazer muito mais do que isso. Por causa do seu potencial, os chatbots para entretenimento ganham o mercado.

Você provavelmente já sabe que eles são excelentes ferramentas de comunicação com usuários. Mas, afinal, o que os chatbots podem fazer pela indústria do entretenimento? Por que eles estão em crescimento? Para acabar com essas e outras dúvidas, acompanhe o nosso post!

Como funcionam os chatbots?

Os robôs usam software de comunicação automatizada (e alguns até mesmo inteligência artificial) para desenvolver conversas que se assemelham com aquelas mantidas por pessoas. Cada um tem o seu tipo de lógica, mas eles costumam usar bancos de dados de falas humanas para se aproximarem da realidade. Como resultado, os chatbots são capazes de auxiliar em várias tarefas.

Quais as vantagens dos chatbots?

Antes de mais nada, os chatbots propiciam suporte rápido e prático aos usuários e ainda geram economia na folha de pagamento da empresa. Em vez de esperar por uma pessoa, o atendimento automático pode estar constantemente disponível. Por isso, estima-se que, em 10 anos, a profissão de operador de telemarketing deve desaparecer.

Além do atendimento comum, os chatbots auxiliam no engajamento de clientes e na divulgação de produtos e serviços. Por meio de conversas dinâmicas e até divertidas, eles podem melhorar o relacionamento entre consumidor e marca.

Os chatbots também permitem a automatização de tarefas repetitivas e ações que seguem um padrão. Por exemplo, uma alteração de cadastro, um cancelamento de plano ou a compra de um serviço adicional podem, facilmente, ser realizadas por meio dessa assistência automática.

Como utilizar chatbots para entretenimento?

Veja algumas das possíveis aplicações:

Marketing e divulgação

Os chatbots são uma arma poderosa na divulgação de conteúdos de entretenimento. Por exemplo, o personagem de um filme pode ser transformado em um chatbot para que as pessoas conversem com ele, perguntem sobre a história, entre outros. Essa interação certamente criará uma maior identificação do usuário com o conteúdo.

Criação de conversas interativas e divertidas

Para que esse recurso seja efetivo, as conversas criadas devem ser interativas e divertidas. Os chatbots têm o poder de simular diálogos que realmente parecem reais e conseguem abordar, inclusive, detalhes pessoais. Nesses casos, o usuário sente que fala com um amigo, mesmo quando sabe que se trata de uma máquina.

Agora imagine ter um “amigo virtual” convidando você para conhecer um novo restaurante na sua cidade. Muito mais eficiente do que receber uma mensagem padrão e impessoal, não é mesmo?

Seleção de conteúdo

Todo mundo adora receber dicas dos amigos sobre filmes, séries, músicas, livros e locais para conhecer. Nesse sentido, os chatbots têm grande potencial para se tornarem bons “amigos”, selecionando e recomendando os melhores conteúdos para cada usuário.

Por que aderir aos chatbots?

Os chatbots não são o “futuro” ou uma “aposta”, mas fazem parte do presente e já integram as melhores e maiores empresas, sendo capazes de interagir e criar ligações com as pessoas, entendendo o comportamento delas.

Quando o assunto é entretenimento, esse recurso atende às expectativas dos usuários. Por isso, o mercado de chatbots para entretenimento não para de crescer!

Compartilhe este post nas suas redes sociais e conte para seus amigos sobre o potencial dessa ferramenta!

 

Leia mais:

O papel da tecnologia e da interatividade no info-entretenimento

4 pesquisas sobre chatbots que mostram a força da tendência

Chatbot no Facebook Messenger: tudo que você precisa saber

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação