chatbots para negócios capa post

Chatbots para negócios: 5 setores que podem se beneficiar da inteligência artificial

O desenvolvimento das tecnologias relativas à inteligência artificial e ao processamento de linguagem natural permitiu que os chatbots se tornassem uma realidade. Já existem diversas plataformas de desenvolvimento que dão suporte a esse tipo de software, o que explica um pouco da ascensão dos chatbots para negócios.

Para demonstrar algumas das mais importantes aplicações dos chatbots para as empresas, neste post vamos falar sobre 5 setores que podem se beneficiar dessa tecnologia em termos de melhoria na eficiência dos seus processos e de redução de custos. Acompanhe!

1. Bancos e instituições financeiras

Além de oferecer os serviços tradicionais que qualquer internet banking já disponibiliza atualmente (consultar extrato, fazer transferências, pagar contas, etc), um chatbot para bancos e instituições similares é bastante útil para ajudar na gestão financeira dos clientes, além de auxiliá-los na tomada de decisões.

Uma ideia é programar um bot para receber perguntas dos clientes em relação a transações específicas, rendimentos ou gastos durante determinado período. É uma experiência muito mais agradável do que selecionar filtros e datas antes de ter acesso à informação desejada em um software bancário.

Um chatbot bem desenvolvido também é capaz de guiar o usuário em relação a investimentos ou serviços de crédito de acordo com seu perfil e necessidades. Outras aplicações envolvem uma participação mais ativa do chatbot. Por exemplo, com base em um histórico de despesas, o cliente pode receber informativos sobre certas categorias de gastos em que ele pode economizar.

Outra possibilidade é contar com notificações sobre o vencimento de uma conta e ter o processo de pagamento disponibilizado diretamente pelo chat para facilitar o processo.

2. Seguradoras

O mercado de seguros conta com um serviço de atendimento característico, já que lida com requisições que estão relacionadas a emergências. Quando o cliente precisa acionar o seguro devido a um acidente ou sinistro qualquer, é muito importante que o tempo de resposta seja o mais rápido possível. Isso porque, em momentos como esse, o segurado dificilmente conseguirá manter a calma.

Um chatbot certamente pode modernizar o atendimento ao cliente nesse ponto, reduzindo o tempo de resposta e aumentando o número de assistências simultâneas. Já que o sistema é digital, não há dependência do número de atendentes disponíveis.

Além disso, o bot pode disponibilizar a 2ª via da apólice para download ou boletos para pagamento e dados para o acompanhamento de um sinistro. Para os casos de chats com usuários que ainda não são clientes, ele consegue requisitar as informações necessárias de forma a analisar as qualidades do contratante para simular o valor do seguro.

3. Varejo online

Os chatbots também representam uma ótima solução para o varejo, especialmente no que se refere às vendas online por meio dos sites de e-commerce. Como uma das principais funções dos chatbots é melhorar a experiência do usuário em momentos de contato com a marca, esses softwares podem ser usados para facilitar o procedimento de escolher os produtos.

Basta pedir o produto ao bot e ele adiciona ao carrinho, inclusive recomendando itens relacionados para o usuário. Caso o artigo esteja em falta, o chatbot pode oferecer a opção de um aviso — por meio do próprio chat — quando o produto estiver disponível. A etapa de pagamento também pode acontecer na própria interface do chat, assim como o rastreamento da entrega do pedido.

Outra utilidade interessante está na atividade de pós-venda. Se o cliente permitir, o chatbot pode notificá-lo assim que alguma oferta pertinente — de acordo com o histórico de compras — estiver em andamento. Isso sem falar em avisos de novos produtos e contatos para o acompanhamento da satisfação do consumidor com os produtos adquiridos.

4. Telecomunicações

No setor de telecomunicações, em que os pedidos de suporte são frequentes, utilizar um chatbot significa liberar os atendentes de tarefas repetitivas — como perguntar o número do CPF ou explicar como reiniciar um equipamento — para se dedicarem a solucionar problemas dos clientes que de fato precisem da intervenção humana.

Quando esses colaboradores estão empenhados em afazeres que não podem ser automatizados, seu trabalho é valorizado de verdade; isso ainda evita desperdício de tempo e dinheiro, reduzindo custos com call center.

Por meio de uma conversa com o chatbot, o cliente poderá acessar boletos para pagamento, receber direcionamentos sobre como resolver algum problema com o telefone, TV ou internet, e até mesmo ter esclarecimentos sobre diferentes planos e condições para alteração.

5. Concessionárias de energia

Há algumas demandas bem simples das companhias de energia que podem ser facilmente tratadas por um chatbot. Além do acesso à 2ª via de conta ou ao histórico de contas antigas, o usuário pode informar a leitura mensal do consumo de energia ou ainda comunicar a falta de luz na sua residência.

Algumas concessionárias permitem que os clientes realizem a leitura do medidor de energia e enviem o número indicado para que a empresa contabilize o consumo e emita a conta do mês. Em vez de disponibilizar esse serviço por telefone, site ou aplicativo, é possível tornar o processo ainda mais ágil e natural com o uso de um chatbot.

O mesmo vale para reportar a falta de energia. Os contatos inteligentes podem instruir o usuário sobre os motivos de uma eventual queda de luz e, em alguns casos, até mesmo ajudá-los a solucionar esse problema. Apenas quando se verifica que realmente houve uma complicação na transmissão é que se deve intervir — enviando um técnico, por exemplo.

Todos esses são exemplos práticos de aplicações viáveis, que já estão em funcionamento ao redor do planeta. Diante de todas essas vantagens, concluímos que os chatbots são uma ótima ferramenta para as empresas e devem ser levados em consideração como um dos canais mais relevantes de interação com o público.

Curtiu o nosso artigo? Gostou de saber mais sobre as possibilidades dos chatbots para negócios? Então compartilhe este post nas suas redes sociais e divida a informação com seus amigos!

 

Leia mais:

Conheça 6 grandes marcas que usam chatbots

Afinal, o que esperar dos chatbots?

5 dicas para montar uma estratégia de vendas online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação