mudanças no comportamento do consumidor capa post

Mudanças no comportamento do consumidor: o que os chatbots têm com isso?

O comportamento do consumidor está se transformando, e as empresas que não se adaptarem a essa mudança estão fadadas a perderem seus clientes. Hoje, com as novas tecnologias digitais, os potenciais compradores de um produto estão muito mais informados e apresentam um padrão de compra bem diferente do passado.

Cada vez mais exigentes, os consumidores também são mais disputados pelas empresas, e os chatbots podem ser o reforço ideal para melhorar a interação entre marca e público.

Neste artigo, explicaremos como o comportamento do consumidor mudou e ainda está se transformando, e o que isso tem a ver com os chatbots. Confira!

A nova jornada do consumidor

Até relativamente pouco tempo atrás, o papel de um vendedor era bem mais crítico para a conversão de um cliente. Os consumidores não tinham acesso tão fácil às informações sobre os produtos e, muitas vezes, o contato ativo dos vendedores era o primeiro passo na jornada de compra.

Mas isso mudou. Hoje, antes de qualquer compra importante, um potencial cliente estudará possibilidades de mercado e tentará comparar essas opções. O contato com o vendedor só vai acontecer nos momentos finais da jornada de compra, quando esse consumidor já está praticamente convencido a fazer a aquisição.

Com isso, em vez de o papel persuasivo ser requisito básico de um bom vendedor, agora a responsabilidade desse profissional é conduzir as últimas etapas antes da conversão e atuar como uma espécie de consultor.

Mas isso não quer dizer que não existam outras técnicas para atrair e buscar consumidores. A diferença é que a parte inicial de uma jornada de compra pode ser percorrida pelo cliente potencial sem que ele esteja de mãos dadas com um vendedor insistente ou impactado por uma mensagem publicitária.

Na nova jornada de compra, a responsabilidade maior fica com o marketing, que utiliza métodos como o inbound para posicionar os produtos e serviços da empresa de forma que os consumidores sejam naturalmente atraídos e convencidos de que aquela é a melhor escolha para suas necessidades.

O que mudou no comportamento do consumidor

Essa nova jornada significa uma alteração drástica no comportamento do consumidor, que é melhor informado e, com isso, muito mais exigente. Já existem muitas empresas cientes disso e adaptadas a essa nova realidade.

As companhias que estão na vanguarda do marketing digital conseguem utilizar inúmeros dados para conhecer melhor e segmentar o seu público, desenvolvendo não apenas uma publicidade mais eficaz e efetiva, como também produtos personalizados que encantem os consumidores e acertem em cheio as suas principais demandas.

Isso significa que a era dos produtos e da comunicação em massa está chegando ao fim. O novo consumidor não se contenta com soluções que resolvam seus problemas apenas de forma parcial. Ele busca por produtos e serviços que se encaixem perfeitamente no que querem e precisam, e o grande desafio dos negócios é desenvolver ofertas que atendam a essas exigências.

Além disso, o novo consumidor é insaciável em relação às informações sobre esses produtos e serviços. Ele quer saber de tudo sobre o que vai comprar antes de tirar um centavo da sua carteira.

Aliás, também vale a pena destacar que, muitas vezes, esse novo consumidor prefere realizar suas compras do conforto da sua casa, utilizando as tecnologias digitais disponíveis para uma jornada de compra 100% online e sem interação humana pelo caminho.

Agradar esse novo perfil de consumidor parece uma tarefa complexa. Mas, na verdade, com o suporte de tecnologias como os chatbots, isso não é um desafio impossível.

O papel dos chatbots na nova experiência do consumidor

Chatbot é um tipo de software que permite que o consumidor interaja com uma marca, empresa ou sistema, utilizando o diálogo como interface. Por meio de conversas em aplicativos de mensagens, o cliente consegue tirar dúvidas sobre produtos e receber atendimento pós-vendas e suporte técnico, além de poder efetivamente fechar a compra de um produto ou serviço.

Os chatbots são uma ferramenta excelente para solucionar alguns dos dilemas atuais das empresas em relação aos novos consumidores. Seu ponto mais importante envolve o desafio de entregar uma oferta totalmente personalizada para o consumidor de uma forma eficiente e com bom custo-benefício.

Um chatbot é uma interface totalmente automatizada e capaz de atender clientes com o mesmo rendimento de uma ferramenta de comunicação em massa, mas com a personalização de uma conversa íntima entre duas pessoas. Isso não quer dizer que ele tente emular uma pessoa real ou que seja um substituto de uma relação humana: eles são ferramentas que complementam e maximizam a capacidade de uma empresa em entregar uma experiência individualizada e única aos seus clientes.

Os consumidores sabem o tempo todo que estão conversando com uma máquina e, inclusive, contam com a sua objetividade e precisão para conseguirem resolver seus problemas com mais agilidade.

Outra vantagem dos chatbots é que eles são fontes de um conhecimento que pode ser facilmente acessado por meio da interface simples de conversas de texto. Isso significa que, para descobrir um detalhe técnico ou uma característica desejada de um produto, o usuário não precisa passear pelas 600 páginas de um manual ou navegar pelas diversas seções e buscas de uma página na web. Basta fazer uma pergunta ao chatbot e conseguir uma resposta imediata.

Quando utilizados da forma adequada, os chatbots se tornam excelentes aplicações para maximizar o potencial de uma estratégia de marketing de uma empresa e, com isso, aumentar o engajamento do público e as conversões.

O comportamento do consumidor mudou muito e, sim, é um grande desafio para as empresas se adaptarem a essa nova realidade e conseguirem atender às demandas de um mercado cada vez mais exigente e bem informado. No entanto, com a utilização de tecnologias de automatização como os chatbots, isso já é alcançável.

Agora que você já sabe o que mudou no comportamento do consumidor e como os chatbots podem ser úteis nesta nova realidade, que tal aproveitar o embalo para assinar nossa newsletter e ficar por dentro dos principais conteúdos sobre chatbots e tecnologia? Esperamos você!

 

Leia mais:

Pesquisas sobre chatbots: Os consumidores estão prontos?

Afinal, o que esperar dos chatbots?

O que os processos de vendas ensinam sobre chatbots

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação