conheca-6-grandes-marcas-que-usam-chatbots.jpeg

Conheça 6 grandes marcas que usam chatbots

Os chatbots ganharam a atenção de muitas pessoas e tem sido adotados por um número crescente de empresas nos últimos anos. Mas ainda há algumas dúvidas sobre o assunto. Por isso, muitos profissionais querem conhecer marcas que usam chatbots para entender melhor como esse recurso pode auxiliar no dia a dia dos seus negócios.

Normalmente, as organizações que adotam essa tecnologia procuram melhorar o atendimento e querem se aproximar do cliente. Quer saber como elas fazem isso? Conheça agora 6 grandes marcas que usam chatbots!

1. Pizza Hut

A rede de pizzarias utiliza os bots para permitir que os clientes façam pedidos usando o Twitter e o Facebook Messenger. Segundo a empresa, a ideia é tornar o processo cada vez mais conveniente para o freguês e dar a ele o poder de escolha quanto ao canal a ser utilizado. Agora, o telefone deixou de ser a única opção.

O consumidor ainda pode conectar sua conta do Facebook à conta da Pizza Hut e, assim, o chatbot tem acesso ao histórico de pedidos dele. Essas informações possibilitam que a pizzaria faça ofertas personalizadas ou que o cliente repita o último pedido de maneira bem rápida.

2. Sephora

A marca de cosméticos Sephora criou um chatbot em parceria com o aplicativo de mensagens Kik. As pessoas podem entrar em contato com o robô e solicitar avaliações de produtos e recomendações de maquiagem baseadas nos gostos delas.

O bot faz algumas perguntas sobre itens e cores preferidas e envia uma seleção de produtos recomendados. Os clientes ainda podem finalizar a compra sem sair do aplicativo de mensagens. Além disso, o chatbot também interage enviando vídeos e tutoriais de vários tipos de maquiagem.

É claro que o atendimento automático não substituiu o atendimento personalizado nas lojas, mas a Sephora vê a tecnologia como uma peça fundamental para atingir e engajar uma parcela dos consumidores — especialmente os mais jovens, que estão sempre conectados.

3. Uber

Uma das mais valiosas marcas que usam chatbots é a Uber, que já permite que uma corrida seja solicitada diretamente pelo Facebook Messenger, sem que o usuário precise abrir o app. O contato é feito diretamente com o bot da empresa na rede social.

Além disso, os clientes também têm a opção de solicitar o serviço a partir de conversas com outras pessoas. Sempre que alguém enviar um endereço, o consumidor pode clicar sobre ele e requisitar uma corrida baseada naquele local.

4. HealthTap

HealthTap é um serviço que permite ao cliente entrar em contato com uma base de mais de 100 mil médicos usando o Facebook Messenger. No entanto, a organização percebeu que muitas dúvidas eram comuns e decidiu construir um bot.

Agora, quando alguém faz uma pergunta, o robô da HealthTap procura por respostas dadas anteriormente e envia ao usuário, que então decide se o esclarecimento foi útil ou se ainda quer entrar em contato diretamente com um médico.

5. EBay

O EBay desenvolveu um chatbot bem prático para auxiliar clientes do e-commerce a buscarem itens — também usando o Facebook. O usuário informa qual produto procura, estilo e cor preferidos e a faixa de preço.

Dessa forma, o bot busca um artigo que se encaixe nos requisitos e apresenta as opções ao consumidor. A ferramenta também aprende com as escolhas feitas e as utiliza como referência para futuras indicações.

6. American Express

A American Express inovou ao se tornar a primeira instituição financeira a oferecer um serviço de atendimento baseado em chatbots. O robô criado por eles verifica as transações realizadas no cartão de crédito e oferece conteúdo relacionado.

Se, por exemplo, o consumidor comprar uma passagem, ele receberá dicas de hospedagem, alimentação e lazer no local de destino, e ainda pode ser convidado a aproveitar o lounge da empresa no aeroporto. Segundo a companhia, o objetivo é conversar melhor com os clientes.

Como você viu, as marcas que usam chatbots pertencem aos mais variados segmentos e utilizam essa tecnologia para aumentar o engajamento e a interação, alavancar as vendas e melhorar a experiência dos usuários.

E você, o que achou deste post? Escreva um comentário e compartilhe sua opinião!

Leia mais:

Os poderosos messengers da Ásia: quatro cases de sucesso

Entenda como a transformação digital influencia no branding

Os 4 maiores apps de mensagem no mundo ocidental

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação