Blog-Img_Take_01 (1)

Entenda como os chatbots podem melhorar o engajamento do público com a sua marca

Em qualquer tipo de empresa ou negócio, estamos sempre em busca de novas tecnologias para conseguir o engajamento do público com a marca. É essencial que o consumidor reconheça, lembre e interaja de diversas formas com a identidade da sua organização, e uma das formas mais eficazes de fazer isso hoje é empregando os chamados chatbots.

Chatbots são softwares dentro de aplicações de mensagens como o Facebook Messenger ou o Skype. Eles fazem a interface entre um usuário e um serviço com suavidade: é preciso apenas conversar com a máquina para interagir com a empresa, o que geralmente é mais rápido e intuitivo do que, por exemplo, usar um app ou site.

Atendimento ao cliente imediato

A eficácia dos chatbots como ferramenta para aumentar o engajamento do público com a marca está diretamente relacionada à instantaneidade proporcionada por eles no atendimento ao cliente.

Vamos supor que seu serviço de TV começou a falhar justamente no intervalo de uma emocionante final de Copa do Mundo, em um fim de semana. A demora para conseguir ser atendido pelo telefone por um funcionário que pode estar infeliz pelo plantão pode se estender até depois do fim do jogo.

Se um chatbot fosse usado, algumas perguntas poderiam direcionar para uma solução rápida para o problema, que talvez nem fosse tão grave. E, se fosse o caso, o agendamento de uma visita técnica seria feito em poucos minutos.

Um cliente que não fica sem resposta é um dos pilares de uma boa relação entre marca e público. E usar a tecnologia para dar atendimento imediato e eficaz é uma forma de conseguir melhorar esse engajamento.

Envio de ofertas personalizadas

Um chatbot pode ser programado para coletar e processar feedbacks do usuário com muita precisão. Com isso, fica mais fácil para empresas de varejo, por exemplo, entender o perfil daquele consumidor específico e direcionar os produtos e serviços adequados às suas necessidades.

Em 2016, durante a Black Friday, as Casas Bahia realizaram uma ação em que foi usado um chatbot para interagir com clientes e aumentar o engajamento do público com a marca. Batizado de “Baianinho”, o software inicialmente ajudou as pessoas a selecionarem categorias de ofertas e, depois, enviou-as diretamente pelo chat.

O resultado? Um ticket médio superior ao da Black Friday de 2015, com mais de 2 milhões de mensagens enviadas para 51,4 mil pessoas, que geraram 46,5 mil agendamentos para envio de ofertas.

Presença em múltiplos canais

Marcas que buscam melhorar o engajamento com o cliente precisam se fazer presentes onde o seu consumidor está. É para isso que existe o chamado mix de marketing, pois ações coordenadas em várias mídias atingem o público muito melhor do que esforços concentrados em apenas uma opção.

Hoje, aplicativos de mensagem são uma das formas mais usadas para emitir e receber informações – afinal, a maioria das pessoas troca mensagens em aplicativos como o Messenger ou o WhatsApp pelo menos algumas vezes ao dia.

O chatbot é uma possibilidade de ter presença nesses canais sem ter que investir em uma estrutura cara e complexa de atendentes humanos.

Feedback no engajamento do público com a marca

Um dos grandes desafios do marketing é o monitoramento. Afinal, nem sempre conseguimos ter a certeza de que a mensagem que chegou ao público é exatamente aquela que a empresa desejava transmitir. Para aprimorar a técnica e o processo, é necessário ter feedback do alvo das suas ações.

Os chatbots podem ser uma excelente ferramenta para extrair essas informações. Aliando a tecnologia com técnicas de pesquisa de opinião, um chatbot pode conversar com o cliente e entender quais foram os erros e acertos no planejamento da campanha.

Esses dados serão extremamente valiosos para o marketing, que poderá compreender os resultados das suas ações e conseguir encontrar formas para desenvolver o engajamento do público com a marca.

E você já imagina como usar chatbots para melhorar o engajamento do público com a marca? Deixe um comentário sobre o assunto!

 

Leia mais:

Os chatbots estão mudando a interação entre consumidor e empresa!

Como mudar uma marca de 17 anos em 5 dias

Como foi construir um chatbot para vendas, geração de leads e engajamento

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação