4 maneiras de melhorar a interação com chatbots capa post

4 maneiras de melhorar a experiência do usuário na interação com chatbots

Você sabia que a interação com chatbots é uma excelente alternativa para melhorar o atendimento, reduzir custos operacionais e, ao mesmo tempo, otimizar as vendas?

Porém, para que todos esses benefícios sejam alcançados, não basta apenas adotar a tecnologia. É preciso fazer com que ela proporcione uma boa experiência ao usuário.

Como isso é possível? É o que você vai saber no post de hoje. Confira as dicas mais relevantes para que essa comunicação seja bastante proveitosa:

1. Mostre que o chatbot tem personalidade própria

A personalidade não pode ser subestimada em uma plataforma de diálogo automatizado. Aqui, a interação acontece durante um bate-papo, e o usuário recebe as informações de uma forma mais próxima a uma interação pessoal. Ou seja, essa é uma chance valiosa de se aproximar dele.

Para que isso seja possível, configure o sistema para agir com a máxima naturalidade e programe variadas formas de respostas para um mesmo tipo de pergunta. Crie uma forma criativa para o chatbot se apresentar e encantar logo no início do contato.

Lembre-se da máxima popular que diz: “a primeira impressão é a que fica”. Use recursos de linguagem e de expressão (escolha das palavras, usar emojis ou não, por exemplo) que sejam os mais atrativos para seu público. Isso vai ajudar a fortalecer ainda mais a identidade da “personagem”.

2. Cuide para que a interface gráfica seja agradável

A arquitetura de informação deve estar presente em qualquer tipo de interação online — não é diferente com os chatbots. Até mesmo uma troca de mensagens precisa de uma interface apropriada.

Por isso, garanta que a tela principal de comunicação tenha um fluxo de informações limpo, com o básico necessário para manter um diálogo livre. Elementos que direcionem a atenção do usuário para outras áreas precisam ser evitados.

3. Ofereça um bom fluxo de navegação

É importante pensar em todos os cenários. Por exemplo, o que pode acontecer se o cliente não entender como acessar algum recurso através do chatbot? Para oferecer uma boa experiência na sua plataforma, é fundamental projetar o mapa de navegação, ou seja entender os caminhos possíveis da “conversa” para explorar bem todas essas possibilidades e ter um grau maior de sucesso na interação.

4. Seja transparente na interação com chatbots

É normal acontecer pequenos mal-entendidos durante as conversações entre o software e o consumidor. Para evitar que eles aconteçam, trabalhe com ações preventivas. Por exemplo, o próprio sistema pode apresentar algumas funcionalidades do programa, assim como mostrar opções, botões e outros adereços.

Dessa forma, sua empresa prestará um bom serviço de atendimento e o usuário vai se sentir mais seguro para explorar as alternativas disponíveis. Assim, todos ganham mais tempo e eficiência na comunicação.

Agora que você sabe o que pode ser feito para melhorar a experiência do cliente na interação com chatbots, deve ter percebido que, para colocar tudo isso em prática, é preciso contar com a ajuda de desenvolvedores. Eles são os profissionais que vão alinhar os objetivos do seu negócio na hora de automatizar o seu atendimento. 

A Take já criou chatbots engajantes e eficientes para tornar os canais de atendimento sempre melhores e mais próximos do público, seja na interação com chatbots ou outros sistemas. Converse com a gente para saber mais!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação