mcommerce-a-evolucao-tecnologica-alterando-a-forma-de-fazer-negocios.jpeg

M-Commerce: a evolução tecnológica alterando a forma de fazer negócios

A revolução digital não se resume à evolução constante dos computadores, gadgets, processadores, aplicativos e outras ferramentas tecnológicas. Esse processo também diz respeito às transformações nas interações humanas e nas formas de trabalho. O M-commerce, ou mobile commerce, é um exemplo dessa realidade.

Neste post, vamos entender como os dispositivos móveis impactam o comércio online, para que você possa tirar o máximo proveito dessa inovação!

Adicione mobilidade ao e-commerce 

Praticidade, diversidade e poder de decisão. De modo geral, esses são os principais atributos de uma compra feita pela web. O consumidor online já ultrapassou há muito tempo a barreira da desconfiança e hoje sabe que pode adquirir virtualmente qualquer item que quiser — desde que escolha bem o seu local de compra.

O mobile commerce, então, surge como um desdobramento natural das transações realizadas na internet. Basicamente, o termo M-commerce diz respeito à aquisição de qualquer produto ou serviço por meio de dispositivos móveis.  

Operando atualmente como verdadeiras extensões de nossos corpos, tablets e smartphones nos ajudam a realizar as mais diversas tarefas — e comprar é apenas mais uma delas!

A diferença é que, com a presença cada vez maior das redes sociais em nossas vidas, o efeito sobre o comércio eletrônico é potencializado: a partir de opiniões compartilhadas com outras pessoas, tomamos nossas decisões sobre aquilo que desejamos adquirir.

Essas decisões, por sua vez, se dão em diversos lugares: no deslocamento para o trabalho, em ocasiões sociais, na sala de espera do consultório, na faculdade etc. E é exatamente por isso que o apelo dos dispositivos móveis é tão grande.

Conheça as principais vantagens do M-commerce

As vendas feitas com ajuda de dispositivos móveis trazem uma série de ganhos potenciais aos empreendedores e lojistas, sendo que os principais têm a ver com o relacionamento estabelecido com os clientes.

Primeiro, o M-commerce facilita a personalização, ou seja, a construção de campanhas pensadas e direcionadas de acordo com o perfil específico do comprador.

Além disso, o layout resumido — com textos curtos e botões grandes e de fácil acesso — faz com que a experiência de compra flua da melhor maneira possível, sem etapas cansativas e informações desnecessárias. A rolagem é rápida e o checkout também, contribuindo para que o usuário conclua sua ação em poucos cliques.

Amplie suas vendas em dispositivos móveis

Responsividade é tudo. Isso significa que, se o seu site de e-commerce não estiver preparado para o acesso via dispositivos móveis, suas vendas não decolarão!

Portanto, é fundamental traçar uma estratégia que facilite a navegação e torne as conversões dinâmicas e intuitivas. Menos é mais: quanto menos etapas forem necessárias, maior a possibilidade de concluir o processo de compra.

Desenvolver um aplicativo para as vendas pode ser uma ótima alternativa, uma vez que os custos são bem menores do que a construção ou adaptação de um site. Capriche na arquitetura, invista em imagens com boa definição e inclua apenas informações relevantes sobre cada produto.

Por fim, não se esqueça de dar preferência às interfaces leves, capazes de agilizar a navegação, mesmo em redes mais lentas. Para isso, utilize imagens reduzidas ou redimensionadas, o que ajuda a otimizar o carregamento.

Para melhorar ainda mais a experiência do cliente, você pode testar estratégias de comércio conversacional, criando um contato em aplicativos de mensagens (como o Facebook Messenger) e atendendo e vendendo em conversas diretas com o cliente. A criação de um chatbot, automatizando parte ou inteiramente o processo de venda, pode fazer seu negócio escalar!

Se estiver atento a todos esses detalhes, certamente suas vendas no M-commerce só poderão crescer!

Agora que você já conhece as vantagens do M-commerce, que tal aprofundar seus conhecimentos? Veja cinco motivos para investir na venda em dispositivos móveis! 

 

Leia mais:

 

Comércio Conversacional: o que é e por que você precisa dele

Como vender mais e melhorar meus serviços por meio do m-commerce?

4 negociações que consigo fazer através de conversas inteligentes

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação