whatsapp-image-2016-11-11-at-19-18-49

O primeiro Chatbots Meeting foi um sucesso!

Com palestrantes de peso, evento realizado em São Paulo abordou como essa tendência pode melhorar as conversas entre pessoas e empresas

Cerca de 40% das pessoas preferem conversar com empresas via mensagem, de acordo com uma pesquisa realizada com 2022 pessoas em todo o Brasil. Os dados desse estudo da Opinion Box foram apresentados no Chatbots Meeting, evento voltado para o público corporativo e realizado pela Take. Cerca de 100 profissionais de 40 empresas puderam entender melhor como a troca de mensagens automatizada pode ser decisiva para melhorar o atendimento e a venda. 

Além dos grandes palestrantes, o evento contou com inovações: o envio de perguntas foi feito exclusivamente pelo chatbot do evento, que continha também a programação e recolheu feedbacks após cada apresentação.

 

bot_meeting
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
No Messenger, abra a aba Pessoas e clique em “Ler Código”

O evento foi aberto por Roberto Oliveira, CEO da Take, que comentou sobre as transformações que estão acontecendo e seus impactos no mercado. 

 

“A revolução na comunicação, via messaging, e a revolução na tecnologia, via inteligência artificial, convergem nos chatbots”, ressalta.

 

Uma das principais palestras do evento foi a da Perola Cussiano, da equipe de branding do Facebook. Ela trouxe dados interessantes sobre a popularidade do Messenger e comentou sobre como os negócios estão descobrindo a mensageria.

 

“Os consumidores como indivíduos vão exigir das marcas a tecnologia e a inteligência combinadas para responder, ajudar, estabelecer uma conversa com o consumidor, na hora que ele quiser e no tom que ele quiser, de uma maneira fácil”, afirma.

 

meeting1
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
Palestras de Roberto Oliveira e Perola Cussiano

 

Em seguida, foi a vez de David Dias, líder de canais do IBM Watson, comentar sobre inteligência artificial e como elas serão aplicadas para melhorar ainda mais a experiência das pessoas com chatbots.

 

“Esse é o futuro que nos aguarda: teremos muitas interações entre pessoas, mas haverá vários robôs no meio do caminho. E você não vai nem perceber”, comenta.

 

Sergio Passos, CTO da Take, fechou a primeira etapa do evento mostrando como as empresas precisam caminhar para garantir atendimento excelente em canais de mensagem. Ele comentou como construir uma conversa verdadeiramente inteligente é um desafio.

 

“Não basta estar presente nos canais de mensagem. É preciso se preocupar também com a experiência do cliente na conversa, usando chatbots ou atendimento humano”, afirma.

 

meeting2
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
David Dias (IBM) e Sérgio Passos (Take) palestrando

 

O Chatbots Meeting contou ainda com o relato de Henrique Portugal, da banda Skank, sobre as transformações tecnológicas e o impacto que elas tiveram no mercado da música. O recado que ele passou foi: sejam rápidos, pois o mundo está acelerado!

 

“O maior fator de sucesso dos negócios é o timing. E a hora dos #Chatbots é agora! Por isso, estamos lançando hoje o chatbot do Skank no Facebook Messenger”, anunciou.

 

A última palestra foi de Filipe Schepers, COO da Opinion Box, trazendo os principais resultados da pesquisa “Consumidor x Empresa: da voz ao chatbot”, realizada em parceria com a Take. Alguns destaques da pesquisa foram:

  • 64% dos consumidores entram em contato com empresas para esclarecer dúvidas
  • 70% dos entrevistados conversariam com as empresas por meio do WhatsApp ou Messenger
  • 50% já estão abertas a conversar com as empresas via chatbots
  • A experiência com canais automatizado ainda não é boa: 52% acharam a experiência ruim ou péssima, pois não conseguiram resolver o problema específico

 

“A experiência das pessoas hoje no atendimento por mensagens ainda é ruim, muito pela lentidão. Mesmo no atendimento automático, a conversa precisa ser humanizada”, compartilha.

 

meeting-3
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
Palestras de Henrique Portugal (Skank) e Felipe Schepers (Opinion Box)

 

Fechando o evento, foi realizado um painel com todos os palestrantes, moderado por Fernando Paiva, editor do Mobile Time.  O fim da era dos apps, as aplicações da inteligência artificial, as compras e pagamentos via mensagens e questões éticas em relação a utilização dos bots foram alguns dos temas abordados.

Esperamos realizar mais edições em outras partes do Brasil! Fique de olho aqui para acompanhar os próximos Meetings 😉

 

chatbots_meeting4
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
Painel com palestrantes

Leia mais

 

Confira mais notícias sobre o Chatbots Meeting!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação