métricas para chatbots capa post

Sucesso de uma ação com chatbots: 4 métricas para para analisar

Métricas de performance são uma importante forma de conhecer como uma estratégia ou solução de TI impacta a receita do negócio. Elas dão uma visão abrangente e precisa sobre os diferentes aspectos que podem influenciar o retorno obtido em um investimento em um novo sistema, por exemplo.

Além disso, os indicadores podem ser utilizados para que a empresa tenha mecanismos mais eficazes de otimização da rotina e agregue mais valor a seus serviços. Por isso mesmo, eles podem e devem ser adotados por companhias que têm chatbots.

Quer saber quais são as 4 principais métricas para chatbots e como analisá-las para ter mais sucesso em suas ações? Continue a leitura e confira!

1. Taxa de conversão

Muitos negócios utilizam chatbots como uma forma de gerar mais vendas. Eles podem entrar em contato com clientes para alertar sobre promoções, cupons de descontos e outras oportunidades de compra de mercadorias.

Assim, os consumidores contam com um mecanismo mais direto para saber a melhor hora de comprar um item desejado. Com a taxa de conversão, a companhia pode mensurar se suas abordagens por meio do chatbot são realmente eficazes.

Ao mesmo tempo, o negócio poderá identificar que tipo de mensagem tem mais sucesso e replicar essas estratégias, maximizando a lucratividade de suas campanhas.

2. Retenção de usuários

retenção de usuários também auxilia a companhia a identificar se o chatbot foi bem construído. Quanto mais adequada for a linguagem utilizada pelo software, por exemplo, mais eficaz será a capacidade de fidelizar um novo usuário.

Da mesma forma, um chatbot capaz de solucionar problemas com agilidade pode atingir um público maior. Portanto, avalie quantos usuários utilizam a solução mais de uma vez.

Identifique os principais recursos de acordo com o perfil de uso e crie uma base de dados sobre os fatores relacionados à retenção de novos usuários na plataforma. A médio/longo prazo, essas informações permitirão que o negócio efetue mudanças de alto impacto no sistema e aprimore sempre as interações com os usuários.

3. Número de usuários alcançados

Uma das vantagens dos chatbots é a possibilidade de alcançar muitos usuários com uma estratégia multicanal. A empresa pode integrar facilmente o programa a plataformas de mensagens instantâneas, sites ou aplicativos mobile.

Portanto, avaliar o número de usuários alcançados também permite identificar o que pode ser feito para otimizar o software. Essa é uma das métricas para chatbots mais importantes para quem quer conhecer melhor o seu público.

Ela dá uma visão abrangente sobre os canais em que a organização tem mais sucesso, o número médio de acesso ao serviço e quais são os meios em que o chatbot é pouco utilizado. Assim, a companhia pode direcionar melhor seus investimentos nessa solução.

4. Número de erros

Um dos fatores que mais impacta no sucesso do chatbot é a sua experiência de uso. Avaliando o número médio de erros, a empresa pode identificar quais são as requisições com as quais o software tem dificuldades de lidar e fazer otimizações que tornarão o seu uso mais prático e abrangente.

O número de erros é um das métricas ligadas diretamente à avaliação da performance diária de um bot. Com ela, a empresa tem a chance de avaliar os pontos fracos do software e efetuar otimizações mais inteligentes.

E então, gostou de saber mais sobre as métricas para chatbots? Quer saber como essa ferramenta pode ser utilizada no seu negócio? Entre em contato com a gente!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This